Kit Master Enterovírus spp.

Áreas médicas: Epidemiologia, Infectologia

Detecção dos sorotipos: Poliovírus, Coxsackievírus e Echovírus

O Kit XGEN MASTER EV é um teste in vitro para detecção qualitativa do DNA complementar (cDNA) de Enterovírus spp. (Poliovírus 1-3, Coxsackievírus A1-A22, A-24, Coxsackievírus B1-B6, Echovírus 1-9, 11-21, 24-27, 29-33, Enterovírus 68-71), através da tecnologia de PCR em Tempo Real.

Importância do Patógeno

Os enterovírus têm uma alta incidência no mundo todo e são de grande interesse devido à ampla variedade de infecções que podem causar. Compreendem um grupo muito diversificado de vírus, sendo que cada um apresenta uma manifestação clínica diferente e há grande dificuldade de se estabelecer um diagnóstico preciso baseado apenas nos sintomas, uma vez que outras famílias de vírus podem ser consideradas, além dos sorotipos dos enterovírus.

Acometem milhões de pessoas todos os anos e são responsáveis por muitas hospitalizações. Apesar de alcançar a todas as idades, os casos mais graves estão relacionados a crianças e pessoas com o sistema imunológico comprometido.

O EV possui tropismos por diversos tecidos do corpo, provocando uma variedade de manifestações clínicas, as quais vão desde doença febril indiferenciada até paralisias graves e permanentes, algumas vezes fatais. A infecção ocorre com maior frequência no verão e início de outono, nos países com climas temperados e durante todo o ano em países tropicais.

O vírus é transmitido por via fecal-oral com a replicação viral que ocorre inicialmente nas células do trato digestivo. A maior parte das infecções por EV são assintomáticas. Dentre as síndromes clínicas causadas por EV destacam-se aquelas que afetam o sistema nervoso central, músculo esquelético, intestino e células do sistema imune resultando em doenças fatais como meningite asséptica, paralisia, edema pulmonar, encefalomielite e até mesmo sintomas psiquiátricos podem aparecer.

Vantagens do diagnóstico Molecular por PCR em tempo real

A PCR em Tempo Real (qPCR) é uma variação da técnica de PCR (Polymerase Chain Reaction), em que o resultado é visualizado ao mesmo tempo em que ocorre a amplificação da sequência de interesse do DNA, com a capacidade quantificar os patógenos detectados com maior precisão.

  • Tipos de amostra: plasma e líquido cefalorraquidiano;
  • Detecção dos sorotipos: poliovírus, coxsackievírus e echovírus;
  • Diagnóstico rápido e sensível, principalmente se comparado a outras metodologias;
  • Metodologia confiável para o diagnóstico médico;
  • Facilidade na interpretação dos dados;
  • Processamento do teste em até 2h30;
  • Todos os reagentes necessários fornecidos em um único kit;
  • Precisão, especificidade e alto desempenho.

 

 

enterovirus

A presença de EV é indicada pelo aumento da fluorescência do fluoróforo FAM (curvas em verde). O controle interno (CI) é incluído na mistura de reação de PCR para garantir a qualidade no resultado da amostra, já que possibilita a identificação de inibição no processo. A amplificação positiva do CI é detectada no canal de fluorescência do fluoróforo JOE/VIC (curvas em amarelo).

DOWNLOADS

ORÇAMENTO

Especificação Descrição
Metodologia/Tecnologia qPCR/TaqMan®
Quantidade de Testes 100 testes
Amostras Plasma e Líquido Cefalorraquidiano
Limite de Detecção 2,5 cópias/μL
Modelo XG-EV-MB
Registro ANVISA 80502070023

Preencha os campos e receba as novidades da Mobius em seu e-mail!