Kit Master Zika Vírus

Áreas médicas: Epidemiologia, Infectologia

Patógenos: Arbovírus, Zika, Zyka

Sensibilidade e Especificidade para a detecção do Zika vírus

O Kit XGEN Master ZV é um teste molecular in vitro para a detecção qualitativa de ácido nucleico viral em amostras clínicas como auxílio para a avaliação de infecção pelo zika vírus.

Importância do Diagnóstico

O zika vírus (ZV) é um arbovírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e frente ao significativo aumento da incidência de síndromes neurológicas e de casos de microcefalias potencialmente relacionados ao patógeno, em fevereiro de 2016, a Organização Mundial da Saúde declarou Estado de Emergência em Saúde Pública Internacional.

O quadro clínico tipicamente inclui exantema maculopapular frequentemente acompanhado de prurido, febre baixa (37,8 a 38,5°C), dor nas articulações e conjuntivite não purulenta.

Embora para a maioria da população a infecção por zika seja assintomática, estudos apontam que a infecção em adultos pode desenvolver problemas neurológicos, assim como tem consequências graves para gestantes, pois já foi comprovada a associação da infecção pelo vírus com a ocorrência de microcefalia e outras malformações neurológicas em bebês.

O vírus tem a capacidade de infectar e atravessar a barreira placentária podendo, então, acometer o tecido nervoso em formação.

No Brasil, a partir da confirmação do surto de zika, a incidência de microcefalia aumentou mais de 20 vezes em relação ao que seria esperado.

O uso de métodos moleculares tem sido apontado como uma das principais ferramentas para o diagnóstico de ZV devido sua alta sensibilidade e especificidade, diminuindo assim o risco de resultados falso-positivos ou falso-negativos, e também por sua importância nos estudos epidemiológicos para o entendimento da distribuição da infecção dentro das populações. Os ensaios moleculares permitem que o RNA viral do zika vírus seja detectado com alta especificidade e sensibilidade em um período de até 7 dias após o início dos sintomas.

Vantagens do Diagnóstico Molecular por PCR em tempo real

A técnica PCR (Polymerase Chain Reaction – Reação em cadeia da Polimerase) consiste na amplificação in vitro usada para aumentar em milhares de vezes o número de cópias de uma região do genoma, a fim de produzir ácido nucleico suficiente para uma análise adequada. Os resultados são muito mais rápidos e de alta sensibilidade.

A reação de PCR em Tempo Real é de até 2h30, permitindo que a entrega do resultado, desde a coleta da amostra até o diagnóstico clínico, seja realizada em pouco tempo e com alta sensibilidade.

  • Detecção do zika já nos primeiros dias da infecção;
  • Diagnóstico rápido e sensível, principalmente se comparado a outras metodologias;
  • Metodologia confiável para o diagnóstico médico, sem falsos positivos ou negativos;
  • Facilidade na interpretação dos dados;
  • Resultados em até 2h30;
  • Todos os reagentes necessários fornecidos em um único kit;
  • Precisão, especificidade e alto desempenho.

 

zika

zika 2

A presença de RNA do zika vírus é indicada pelo aumento do fluoróforo VIC (curvas em amarelo). O ensaio utiliza a bactéria Streptococcus equi (S.equi) como controle de extração – Controle Interno (CI), adicionado a cada amostra e ao controle negativo no estágio de tampão de lise do processo de extração, garantindo a qualidade no resultado da amostra, já que possibilita a identificação de inibição no processo. A amplificação do CI é detectada no canal de fluorescência CY5 (curvas em vermelho).

DOWNLOADS

ORÇAMENTO

Especificação Descrição
Metodologia/Tecnologia qPCR/TaqMan®
Quantidade de Testes 64 testes
Amostras Soro e urina
Limite de Detecção 104 cópias/mL
Modelo XG-ZV-MB
Registro ANVISA 80502070033

Preencha os campos e receba as novidades da Mobius em seu e-mail!